Prefeitura de Paraguaçu realiza 2ª Rodada de Audiências Públicas

29

A segunda rodada de audiências públicas em Paraguaçu foi realizada nos dias 18, 20 e 21 de outubro de 2018, com o objetivo de validar com a sociedade civil e representantes dos diversos setores do município a construção da visão da cidade. As audiências apresentaram as problemáticas presentes em Paraguaçu, classificando-as em níveis de prioridade e as metas a serem alcançadas para cada problemática.

O desenvolvimento das audiências ocorreu através de sete áreas, sendo elas: Saúde, Educação, Transporte, Infraestrutura, Saneamento, Segurança Pública e Esporte, Lazer e Cultura. Dentro de cada área foram apresentadas problemáticas pontuais com validação das metas a serem atingidas.

A primeira audiência dessa segunda rodada foi na câmara municipal (18/10/2018), comparecendo 33 pessoas, sendo elas representantes da sociedade civil e membros da equipe técnica da prefeitura. Nas audiências foram apresentadas as problemáticas por área com locais pré-estabelecidos, levantadas de acordo com as oficinas anteriores. Através desses locais e os problemas contidos neles, foram validadas as metas a serem atingidas.

A segunda audiência estava prevista para ocorrer na COOMAP (20/10/2018), porém estavam presentes apenas 6 pessoas, não atingindo quórum suficiente para realização das validações necessárias.

A terceira audiência foi realizada no salão de eventos no distrito de Guaipava (21/10/2018), comparecendo 45 pessoas, sendo elas representantes da sociedade civil. Na audiência foi realizada uma dinâmica para elencar os problemas específicos do distrito.

Na dinâmica foram abordadas as sete áreas apresentados na audiência da câmara, porém não teve o processo de validação conforme foi realizado na câmara. Como a audiência foi direcionada para um único distrito, os locais e suas problemáticas foram levantadas através do processo participativo dos presentes, no qual indicaram as metas a serem atingidas e a prioridade para cada meta.

Além das audiências, foram realizadas oficinas estratégicas com a Secretaria de Obras e Engenharia, Departamento de Patrimônio Cultural e Secretaria do Desenvolvimento Econômico, com o intuito de obter mapas setorizados de acordo com cada área para acrescentar aos dados coletados no escritório. Nessas oficinas foram coletadas informações sobre regularização fundiária, uso e ocupação do solo, habitação popular, mobilidade urbana, imóveis inventariados, áreas a serem preservadas e a representação na economia de cada setor presente no município.

Texto: Rafael Carreira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here