Festa do Marolo é oficialmente Patrimônio Imaterial de Paraguaçu

640

No dia 24 de novembro de 2020, o Prefeito Municipal José Tiburcio do Prado Neto homologou o Registro do Bem Imaterial “Festa do Marolo”, por meio do Decreto Municipal n° 133/2020.

A Festa do Marolo, evento que se tornou tradicional no município de Paraguaçu, foi um dos resultados obtidos a partir da criação do projeto “Marolo: um fruto, várias ideias!”, que aconteceu no decorrer do ano de 2008.

A apresentação da proposta de realização da festa foi feita em dois momentos no ano de 2009, nos meses de maio e novembro, quando o assunto obteve apoio do Departamento Municipal de Agricultura, que contava, naquele ano, em sua coordenação, com o Sr. Marlon José Tomé, que se encarregou de envolver os demais setores e secretarias municipais.

Os objetivos a serem atingidos com a movimentação da Festa do Marolo seriam: ampliação de conhecimento sobre a fruta pelos produtores rurais, vendedores, culinaristas, estudantes e a sociedade em geral; reconhecimento da relevância do fruto marolo em nossa economia, gastronomia e história, destacando os aspectos socioeconômicos e culturais relacionados a ele; conservação e incentivo ao cultivo do maroleiro, a fim de resgatar o plantio e coleta no Cerrado, contribuindo, assim, com a preservação do meio ambiente; demonstração do potencial de geração de renda aos produtores rurais e empreendedores ligados à fabricação de produtos a base de marolo, sendo eles mais um fator agregador de trabalho ao município e de fomento ao turismo, transformando o evento em um atrativo cultural e turístico paraguaçuense.

A 1ª Festa do Marolo ocorreu no período de 30 de abril a 02 de maio de 2010, realizada em parceria com a Prefeitura do Município de Paraguaçu, por meio do Departamento Municipal de Agricultura, a UNIFAL (Universidade Federal de Alfenas – MG), o Escritório Local da EMATER-MG e o Projeto “Marolo: Um fruto, várias ideias”,  tendo como finalidade englobar vários setores da comunidade paraguaçuense, pela promoção de atividades educacionais, esportivas, gastronômicas, ambientais, culturais, técnicas e de lazer.

A Festa do Marolo de Paraguaçu, atualmente, é composta pelos seguintes eventos: Eventos Educacionais, conduzidos pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura, envolvendo todas as escolas do município; Eventos Esportivos – caminhada e passeio de bike, organizados pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer e parceiros; Concurso de Culinária com Marolo, coordenado pela Prefeitura do Município de Paraguaçu, Associação Terra do Marolo e Escritório Local da EMATER-MG; Seminário do Marolo, realizado pelo Escritório Local da EMATER-MG e Associação Terra do Marolo, contando com o apoio da UNIFAL-MG (Universidade Federal de Alfenas) e do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Paraguaçu; Feira Artesanal “Delícias do Marolo”  e feira de artesanato, geridas, respectivament, pela Associação Terra do Marolo e Associação Um Amanhã Melhor; Momento Cultural, tendo à frente a Secretaria Municipal de Educação e Cultura e Associação Terra do Marolo; Festival de Música “Marolo de Ouro”, organizado pela Secretaria Municipal de Educação e Cultural e Associação Terra do Marolo; Concerto de Coral “Flor do Maroleiro”, liderado pelo Coral Allegro Cantante e Academia Paraguaçuense de Letras; e, por fim, Visita aos Campos de Marolos, guiada pelo Escritório Local da EMATER-MG e Conselho Municipal do Patrimônio Cultural de Paraguaçu.

A realização da primeira Festa do Marolo de Paraguaçu repercutiu em vários outros segmentos como: a fundação da Associação Terra do Marolo no ano de 2011; publicação do livro “Marolo: um fruto, várias ideias!” no ano de 2017; execução do processo de inventario do evento como patrimônio cultural imaterial do município em 2019, finalizado com o registro no ano corrente; e, ainda para este ano de 2020, será publicado o livro: “Marolo: Saberes e Sabores do Cerrado”, que compreenderá todas as receitas apresentadas nos dez anos do Concurso de Culinária com Marolo e relatos de ilustres “maroleiros”, além do livro “Marolo: Nosso Patrimônio” – resultado das atividades realizadas este ano pelas instituições educativas para os Eventos Educacionais.

Atualmente, a Festa do Marolo se encontra na sua décima primeira edição e ocupa um lugar de destaque no calendário de eventos no Sul de Minas Gerais, atraindo turistas de várias regiões do Brasil, com destaque para o interior de São Paulo.

O acontecimento vem proporcionando grande movimento ao município, injetando novos recursos à economia local; incentivando a plantação de marolos; preservando o bioma Cerrado; protegendo o patrimônio cultural e promovendo um incremento na autoestima da comunidade paraguaçuense.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here